REVESTIMENTOS

PAPEL DE PAREDE E TECIDO

As combinações preferidas dos arquitetos

Hoje o que chamamos de papel de parede, ganhou outra nomenclatura. Graças aos diferentes acabamentos – que não se resumem apenas em papel – os antigos papeis foram alçados à categoria de revestimentos ressaltando assim esta diversidade. Eles podem ser fabricados, por exemplo, com elementos naturais como a palha, a folha de bananeira ou a seda empapelada. Há ainda produtos que utilizam um acabamento metálico que confere um efeito 3D bastante moderno e também os novos revestimentos em neoprene, que além da função estética ainda trazem a função de proporcionar conforto acústico. Para saber mais sobre o assunto e tudo o que estes revestimentos permitem no décor conversamos com os especialistas da Orlean em Curitiba. Veja o que eles dizem.

Quais os tipos de revestimentos que os arquitetos mais utilizam atualmente? 

Os revestimentos mais utilizados são os que trazem textura de tecido, pois além de elegância proporcionam muito conforto e aconchego aos ambientes, além de serem fáceis de compor com o restante da decoração.

Quais as combinações que sempre dão certo? 

Tudo depende do estilo do projeto. Eleger um tom e trabalhar com diferentes texturas e estampas é sempre uma alternativa que funciona. Para projetos mais ousados, as misturas também podem contemplar diversas cores, além das texturas e diferentes padrões de estampas/desenhos.

A Orlean já tem um catálogo com uma orientação das combinações? 

Trabalhamos com alguns fabricantes que trazem coleções de tecidos e revestimentos assinadas pelos mesmo designers, estes combinam todas as suas referências entre si, o que facilita muito a escolha.

O que diferencia a Orlean hoje em termos de marca, soluções e qualidade? 

Trabalhamos com os mais renomados fabricantes da Europa e Estados Unidos. Nossas linhas são exclusivas e cheias de personalidade. As coleções coordenadas permitem que os projetos saiam especificados de forma completo e única. Com o nosso acervo de tecidos e revestimentos hoje podemos montar mais de 160 mil opções de composições diferentes.

Acompanhe a seguir os revestimentos que estão em alta e como os arquitetos e designers os utilizaram.

 

 

Quarto de bebê moderno e alegre, com revestimento geométrico da Scion, linhos nas almofadas e poltrona em sued – tecidos do Estúdio Orlean. Projeto de Renata Mccartney 

 
Foto Nenad Radovanovic

Lavabo super moderno utiliza o revestimento croco da Wallquest e outro com efeito 3D metálico da Eijffinger, ambos no pink. Projeto de Sabrina Becker

  

Para o loft de praia foi escolhido o revestimento geométrico azul e branco da Wallquest, almofadas em tecidos bordados da Prestigius e Harlequin e cortina com um degradê marcado, também da Harlequin. Projeto de Carla Kiss com móveis planejados Romanzza 

 
Foto Eduardo Macários

Na sala com lareira aconchegante e com o intuito de reunir a família foi aplicado o revestimento vinílico com folhas em relevo, um tom verde acinzentado que mesmo com esta estampa conferiu um ar bastante sóbrio. As almofadas  são em veludo degradê bordô, verde e cinza da Harlequin e outras em veludo bordô do Estúdio Orlean. Projeto de Carla Grüdtner 

  
Fotos Nenad Radovanovic

O restaurante com elementos clássicos repaginados ganhou revestimento com motivos 3D da Wallquest (estofado, ladrilhos) e 3D metálico utilizado na cabine do DJ da Eijffinge. Tecido da cortina e do banco alemão sued são do Estúdio Orlean. Projeto de Renata Sguario