Redemoinho de paisagem

Artista espanhol Isidro Blasco inaugura exposição no MuMA reconstruindo um panorama vertiginoso da capital paranaense

Um novo olhar sobre Curitiba: é isso que propõe Isidro Blasco em sua exposição individual intitulada “Desconstrução da Paisagem”, que acontece no Museu Municipal de Arte de Curitiba, o  MuMA, a partir de 18 de outubro. Com curadoria da mestre em poéticas visuais Denise Gadelha, a mostra é composta por uma instalação artística de 26 metros de extensão. São fotografias e vídeos que retratam Curitiba e proporcionam ao visitante outra percepção sobre a cidade.

Influenciado por sua formação em artes e arquitetura, o artista espanhol que vive e trabalha em Nova York é conhecido por criar estruturas tridimensionais a partir do encadeamento de imagens planas. Seu olhar fascinado por teias urbanas caóticas expressa a complexidade das construções coletivas. Nas mãos de Blasco, o que inicialmente se resumia a um magro retrato bidimensional ganha um corpo que se projeta no espaço e passa a se relacionar fisicamente com seu entorno. As imagens são então postas em suportes de madeira que projetam os diversos planos no espaço. 

Durante a abertura da exposição, artista e curadora recebem o público para duas visitas guiadas, que acontecem às 11h e às 16h. As vagas são limitadas (30 para cada visita) e os interessados podem fazer inscrição até o dia 15 de outubro.

Serviço

Desconstrução da Paisagem – Exposição de Isidro Blasco   

Curadoria: Denise Gadelha                                  

Local:  Museu Municipal de Arte de Curitiba (MuMA) – Sala Célia Neves Lazzarotto - Av. República Argentina, 3430 – Portão – Curitiba (PR)

Abertura: 18 de outubro - 10h

Período: De 19 de outubro de 2014 a 01 de fevereiro de 2015. 

Inscrição para visita guiada: (41) 3229-4436 ou educativamuma@fcc.curitiba.gov.br