Projeto Luminotécnico

Luz em roupa de gala

Um passeio pelo que encontramos de bacana na Casa Cor Paraná deste ano.

A mostra deste ano apresenta inovações es estilos que podem passar despercebida em meio a tanta informação que o visitante recebe. Confira aqui o que selecionamos de mais interessante para você ficar por dentro de tudo: tendências, aplicações e estilo.

OS CLÁSSICOS

Os ambientes que apresentam uma iluminação clássica contam com pendentes e abajures que unem delicadeza e elegância.

Estar social, do escritório Bender Arquitetura

O plafon central é a iluminação principal do ambiente. Como destaque, abajures em madeira freijó desenhados pela arquiteta Karla Bender e executados pela Grey House Iluminação exclusivamente para a mostra.

Quarto do bebê, da arquiteta Fernanda Distéfano

Dois pendentes Belle Époque em prata antigo, um em cima do berço e outro no espaço em que está localizada a banheira, acrescentam estilo ao quarto. As esculturas de cavalos e os armários são destacados com fitas de Led.

 

Sala de almoço e convivência, de Carla Gil Heller e Fernanda Heller

Pendentes duplos em tecido gomado são o ponto focal do espaço, oferecendo iluminação suave para a mesa de jantar.

 

OS CONTEMPORÂNEOS 

Bilheteria e Galeria de entrada, de Cynthia Karas

Iluminação cênica e lâmpadas de Led colocadas em spots pintados de azul da mesma cor do teto, garantem uma iluminação mais intimista. Os pendentes em madeira na cor ouro são colocados em repetição para simularem uma peça só, tanto na bilheteria como na galeria. Foto: divulgação BG assessoria de imprensa

Quarto da moça, de Yara Mendes 

Aqui a iluminação tem a intenção de deixar o quarto com um ar jovem e moderno, para isso foram utilizados três paflons instalados em sequência. Na lateral da cama dois pendentes em vidro personalizados em ouro trazem um acabamento especial para o cômodo.

 

OS COMERCIAIS

Sala comercial, de Janaína Bazzo e Denise Bazzo 

O destaque é para as lâmpadas filamento do pendente cobre. A coluna de luminárias na cor preta ao lado do estofado garante a iluminação decorativa do espaço.

Empório orgânico, de Lilian Barbosa

A coluna em arco cromado realça a parede colorida. As luzes que iluminam o armário têm como função realçar os produtos da loja.

Resto bar, da arquiteta Renata Sguario 

Contemporaneidade com objetos clássicos. As luminárias em cristal acima de algumas mesas acentuam o caráter acolhedor do ambiente. A iluminação pontual dos móveis destaca a decoração do espaço.

Open bar Miami, de Marcelo Lopes 

É um espaço noturno que tem uma iluminação pontual utilizada para destacar os objetos decorativos como o rinoceronte na parede. Outro ponto que também é destacado pelas luzes é o bar, ponto mais claro do espaço.  

Les Terroirs du Mondeo, de Ana Elisa Fontoura, Antônio Goulart e Sandra Vidolin

Proposta contemporânea acentuada pelos pendentes em vidro cobre com degradê transparente.

 

ILUMINAÇÃO TÉCNICA

Biblioteca, de Janaina Macedo

No ambiente que homenageia o juiz Sérgio Moro a iluminação técnica toda em Led valoriza o ambiente. A composição de abajures, colunas em madeira e pendentes em cobre acrescentam elegância, além de decorar o espaço.

Living principal, de Ivan Wodzinsky 

Iluminação técnica toda com embutidos No Frame (sem borda), pensada para valorizar o espaço como um todo. Os abajures, arandelas e colunas complementam a decoração do ambiente.

Fotos Marcelo Stammer

 

Consultoria
Grey House Iluminação
Endereço: Rua Noel Rosa, 61 – Champagnat – Curitiba – PR
(41) 3336-4159
www.greyhouse.com.br