La Dolce Vita de Marcello Mastroiani

A arquiteta Daniela Busarello conta como foi seu encontro com a atriz e companheira de Marcello Mastroiani, Ana Maria Tato, no apartamento onde o casal viveu por mais de 20 anos em Paris

O lugar é chique, descontraído. A estética é afinada, do gosto de um conhecedor do design moderno e contemporâneo, um insider. De alguém que teve um prazer imenso e quase sem fim em procurar e encontrar cada objeto único que ali está. Objeto não, cada personagem que fez/faz parte desta história de vida desta casa e deste amor de Ana Maria Tato e Marcello Mastroianni. Foram 22 anos de vida e companheirismo juntos, onde alimentaram um amor de conto de fadas.

A decoração conta com sofás Le Corbusier revestidos com um algodão encerado. Na época, feito sob pedido especial na Cassina. 

Mesa com cerâmica pintada por Umberto Mastroianni [o tio que era escultor]... E sobre ela, uma lâmpada one from the heart de Ingo Maurer... Até o nome da lâmpada encaixa com este amor vivido aqui... A estante foi desenhada sob-medida. Ali estão pousadas luminárias delicadas como conchas do mar, o bar: grapas e tacinhas de Murano, livros, desenhos, cartas de Fellini, Pasolini... e tantos outros amigos deles que de algum modo (ao vivo ou com memórias e presentes) compartilharam momentos aqui... Pôsters dos filmes, dele e dela. Vasos Venini.

 

Lindas e confortáveis poltronas em madeira em couro, idealmente macias para leituras inspiradoras e sem fim. A lareira foi concebida para permitir o preparo de um grelhado, à la italiana. Sobre ela repousa uma luminária também Venini, cor pérola, salpicada de delicadas purpurinas em ouro, para dar um «peps», como diria madame Tato.

 

O jantar é composto de cadeiras originais Álvaro Aalto, em carvalho claro. E a mesa, em madeira nobre mais escura, é uma «colagem» de um antigo tampo com pés contemporâneos. Um armário arredondado em carvalho foi desenhado e pintado por um artista especialmente para este lugar.

 

 

Na suite do casal o armário é uma obra de arte em harmonia com o anterior, é também decorado com esta pintura refinada sobre a madeira nobre. 

 

 

 Cada peça é um achado, uma estória, uma ida ao marché aux puces ou à um antiquário das ruas de Saint Germain, ou um pedido especialíssimo, em diferentes momentos da vida deste tão famoso casal.

 

Daniela Busarello. 
Arquiteta brasileira que vive e trabalha em Paris www.danielabusarello.com
Fotos Duda Carvalho