iF Design Award 2015

Veja quem levou os prêmios

Considerado um dos mais importantes e completos prêmios de design do mundo, o iF Design Award 2015 anunciou a lista de vencedores hoje. Desta vez, o Brasil abocanhou 43 prêmios, superando a marca do evento do ano anterior, quando o país venceu 25. Dos 43 prêmios, três deles foram para paranaenses, que se destacaram com projetos criativos e bem executados. 

Dez projetos arquitetônicos brasileiros foram premiados na disciplina Arquitetura e Interiores: a loja Camper (categoria Lojas/Showrooms), de São Paulo (SP), desenvolvido pelo Atelier Marko Brajovic; o projeto residencial Pocket House (categoria Residencial), do escritório Cristina Menezes Arquitetura e Decoração, de Belo Horizonte (MG); a loja Melissa (categoria Exposição/Feiras), da Divisão de Efêmeros, da cidade de Porto Alegre (RS); a loja Casa Ipanema (categoria Lojas/Showrooms), da Pascali Semerdjian Arquitetos, de São Paulo (SP); a Galeria Melissa, da Pascali Semerdjian Arquitetos, de São Paulo (SP); a exposição Oscar Niemeyer (categoria Exposições/Feiras), do escritório Pedro Mendes da Rocha, de São Paulo (SP); a exposição O Olhar do Colecionador, do escritório Pedro Mendes da Rocha, de São Paulo (SP); a livraria Cultura Bookstore, projeto do Studio MK27, de São Paulo (SP); o projeto residencial P House, do Studio MK27, de São Paulo (SP); e o residencial Redux House, do Studio MK27, de São Paulo (SP).


Projeto residencial Pocket House (categoria Residencial), do escritório Cristina Menezes Arquitetura e Decoração, de Belo Horizonte (MG)


Loja Melissa (categoria Exposição/Feiras), da Divisão de Efêmeros, da cidade de Porto Alegre (RS)


Residencial Redux House, do Studio MK27, de São Paulo (SP)


Livraria Cultura Bookstore, projeto do Studio MK27, de São Paulo (SP)


Projeto residencial P House, do Studio MK27, de São Paulo (SP)

A premiação, além da disciplina de Arquitetura e Interiores, também envolve as disciplinas de produto, comunicação, embalagem, arquitetura e design de interiores e conceitos profissionais. Os representantes paranaenses se destacaram nas seguintes categorias: Iluminação, vencida pela Lumen Design (Curitiba) com o projeto Lamparina Pingo de Luz; Beleza, vencida pela Brainbox Design (Curitiba) com o projeto Embalagem Livro Make B., do O Boticário; Identidade Corporativa, vencida pela Brand Design Studio (Maringá) com o projeto Idol, da Idol Camisetas e Acessórios. 


Projeto Lamparina Pingo de Luz, da Lumen Design, de Curitiba


Projeto Embalagem Livro Make B., do O Boticário, produzido pela Brainbox Design, de Curitiba


Projeto Idol, da Idol Camisetas e Acessórios, desenvolvido pela Brand Design Studio, de Maringá 

Além dos já citados, a região sul do país também conquistou outros cinco prêmios. São eles: Melissa One by One, calçado desenvolvido pela Grandene (RS), que venceu na categoria Lazer; ES 560 - Drainer Discovery, escorredor de louças projetado pela Martiplast (RS), que ganhou na categoria cozinha; Tresor, revestimento produzido pela Portobello (SC), que venceu na categoria revestimentos; Garrafa Mediterraneo, utensílio desenvolvido pela Riva (RS), que venceu na categoria Utensílios/Louças; Doop, banco feito pela Voler Móveis (RS), que ganhou na categoria Móveis.   

Como um dos principais selos de excelência em design do mundo, o iF é considerado o prêmio máximo do setor. Por isso, é possível dizer que o Brasil, por meio da relevância que estabeleceu na premiação, é, atualmente, um dos centros mundiais do design. Uma conquista e tanto. 

Os projetos premiados são expostos em Hamburgo, na Alemanha, e aparecem em um aplicativo disponível para download de forma gratuita. Os premiados contam também com o reconhecido selo em seus produtos e os trabalhos inseridos na exposição online do iF, que recebe cerca de 200 mil acessos únicos por mês.