CASA COR PR: SALA DA PRESIDÊNCIA

Chega de austeridade. Jovens líderes pedem tecnologia e sustentabilidade

Ganhar seu primeiro milhão de reais antes dos 30 anos. Se essa é a proposta da nova geração, os líderes que chegam rapidamente ao topo também querem mais da vida. É para eles a SALA DA PRESIDÊNCIA criada pela arquiteta Sumara Bottazzari.  Ideias e soluções criativas para um ambiente corporativo contemporâneo, sustentável, flexível e com facilidades tecnológicas desenvolvidas com apoio da Avex Technology. “Os sistemas de automação têm o objetivo de aplicar soluções para o melhor desempenho na eficiência energética, no conforto ambiental, atuando como um mecanismo de redução e controle do consumo de energia em equipamentos diversos e luminárias”, explica Bottazzari. 

Para a sala corporativa foi escolhido o sistema integrado de áudio, vídeo, iluminação e persianas – fornecido pela Avex Technology. “Os custos da automação são compensados em curto espaço de tempo – a economia de energia pode chegar a 40%, além de reduzir os custos de operação e manutenção”, afirma a arquiteta. 

O projeto contempla controle da intensidade da luz, controle de abertura e fechamento das persianas, sistema de som ambiente e vídeo wall (várias telas unidas que formam uma só imagem), onde podem ser realizadas videoconferências, transmissão de um noticiário, por exemplo, ou ainda, utilizar como proposto no projeto para a Casa Cor em que é transmitido pelo vídeo wall a videoinstalação da performance Liquens, das artistas Laura Miranda e Mônica Infante, com imagens e sons da natureza – que se tornam o som ambiente da sala, aproximando ainda mais o projeto da proposta de leveza e aconchego. Vale a pena ter esta experiência no espaço.

O ambiente, de 42 m², planejado por Sumara Bottazzari harmoniza a tecnologia à natureza – implementada na madeira dos móveis, nas plantas, na restauração e reutilização de materiais, na iluminação natural e também na sonorização do ambiente – o que torna a sala corporativa convidativa e aconchegante, sem perder a funcionalidade para negócios.

 

Outro elemento que harmoniza com o objetivo foi a escolha do uso de uma madeira natural para o mobiliário. “Em todos os móveis sob medida foram utilizadas lâminas de madeira catuaba, que aquece e refina o ambiente”. A lâmina utilizada no espaço é extraída conforme plano de manejo sustentável e autorizado pelo Ibama, obedecendo a legislação específica e sob coordenação de um engenheiro florestal responsável. Para cada árvore catuaba extraída, são plantadas duas da mesma. A lâmina é comercializada pela Leo Madeiras. 

Fotos: Daniel Katz

SERVIÇO
SUMARA BOTTAZZARI – CASA COR PARANÁ 2016
SALA DA PRESIDÊNCIA
SUMARA BOTTAZZARI
SITE: www.bottazzari.com.br
FACEBOOK: www.facebook.com/sumara.bottazzari.arquitetura