Almofadas

Roteiro básico de como e onde usar

Elas são ótimas tanto para mudar o décor como para trazer mais calor e acolhimento aos ambientes. Veja as sugestões que selecionamos.

Fotos Edison Garcia

Existem muitas variações de padrões. Busque combinar várias estampas ao usar as almofadas na decoração de locais mais descolados ou para criar um cantinho colorido, como na proposta do quarto assinado Sérgio Valliatti e Luciana Patrão.

 

As almofadas podem ser alteradas de acordo com a estação do ano. Nos períodos mais quentes, por exemplo, escolha cores leves. Já nos dias frios, a melhor opção está nos tecidos quentes e de toque agradável. No projeto da Arquitetare, a manta e almofadas em pele fazem esta transição gostosa. Já para o quarto, as profissionais escolheram manta almofadas aveludadas.

 

Tem dificuldades para combinar cores e escolher tons complementares? O segredo é buscar almofadas de cores que já estejam presentes no ambiente e suas variantes. Ou usar a mesma tonalidade em tudo, mas com detalhes em cada uma delas: nós, texturas e tamanhos. Isso é o que define, por exemplo, o trabalho de Margit Soares (quarto e sala) e Caroline Andrusko e Elisa Schuchovski (sala).

 

 

Você não precisa escolher entre almofadas estampadas ou lisas, pode usar as duas opções! Essa combinação é perfeita e ajuda a construir um ambiente sem muita poluição visual.
Veja que bacana a composição de Jocymara Nicolau e Andrea Posonski.



Para os espaços que andam meio apagados e sem vida, o ideal é dar cara nova com almofadas coloridas. Usar essas peças na decoração é um segredo para mudar sem alterações de móveis e cores.

 

 


Sabe aquelas cores que você acha lindas, mas não tem coragem de colocá-las nos móveis ou paredes? Aproveite e use-as nas almofadas. Essa dica é perfeita para ambientes modernos e encantadores. Foi isto o que fizeram a decoradora Yara Mendes (almofadas vinho) e a Arquitetare (almofadas azuis).

 

(Consultoria: Luiz Costa e Rodrigo Irffi, Estúdio Iludi, Artefacto e Hometeka)